20/10/2014

Bicho de Estimação - Alimentos Tóxicos para Cães e Gatos

Cães e Gatos são incríveis no contato diário e muitas vezes acabamos oferecendo alimentos que para humanos são inofensivos, mas para um bichinho pode ser fatal. Além de bobagens e gordices, existem os naturais que são muito prejudiciais aos coleguinhas de quatro patas.

Veja os alimentos proibidos para cães e gatos e as consequências do seu consumo mesmo em pequenas doses:

ABACATE – pode provocar diarreia, vômito, falta de ar, problemas digestivos e acúmulo de fluídos no coração, peito e abdômen.

ALHO e CEBOLA – possuem uma substância que destrói os glóbulos vermelhos, pode surgir sangue na urina como sintoma e acarretar uma anemia que pode ser leve e em casos graves levar a transfusão de sangue.

AMENDOIM – a ingestão pode levar desde uma reação alérgica até pancreatite.

CAFÉ – provoca taquicardia, convulsões e parada cardíaca (informação válida para todas as bebidas que contém cafeína, como refrigerantes e chás)

CHOCOLATE – é o vilão mais conhecido por fazer mal aos pets, e não é por fazer subir a balança, e sim por conta de uma substância chamada teobromina, que causa vômitos, diarreia, euforia, convulsões, parada cardíaca e consequentemente pode levar à morte.

COGUMELOS – altamente prejudiciais, provocando problemas no coração, fígado, rins, e no sistema digestivo, pode ser fatal.

FRUTAS CÍTRICAS – podem provocar inflamações diversas e a obstrução no intestino.

LEITE E DERIVADOS - só há necessidade de oferta desses produtos quando filhotes, depois eles criam uma certa intolerância, principalmente gatos. Os sintomas mais comuns são diarreia, vômito, problemas no aparelho digestivo e pedras nos rins.

LOURO – convulsões e problemas sérios no sistema nervoso central, é um tempero mortal para animais.

MASSA DE PÃES E BOLOS – podem fermentar e gerar gases no animal, provocando dores e até rupturas no intestino e no estômago.

NOZ MOSCADA – danos cerebrais, convulsões e pode levar à morte.

NOZES DA MACADÂMIA – simplesmente fatal em cães principalmente, começa com sintomas como fraqueza, vômito, tremores, problemas digestivos, respiratórios e musculares, levando a dores abdominais e hipertermia (temperatura elevada do corpo) e em alguns casos, paralisia.

OSSOS – o perigo além das bactérias E. Coli e Salmonella, está no fato de que o bichinho pode engasgar e sufocar, além é claro de perfuração de órgãos internos.

OVOS – quando crus, podem causar Salmonella e a E. Coli, bactérias perigosíssimas para animais, o mesmo ocorre com carne crua e ossos.

SAL – vômitos, diarreia, letargia, convulsões e levar à morte.

UVAS – tanto as frescas quanto as passas, são muito perigosas, principalmente para gatos. A intoxicação vai desde reações como diarreia, vômitos, até casos severos de crises renais e insuficiência hepática, podendo inclusive levar à morte.


Alguns alimentos são como armadilhas, portanto, todo cuidado é pouco, e ao primeiro sinal de que algo não vai bem com seu cão ou gato, leve imediatamente ao veterinário.

CLIQUE AQUI e compare preços de rações adequadas para seu bicho.

Por: Marjorie Borges

Relacionaos

Gostou? Compartilhe