17/12/2014

Bicho de Estimação - Castrar Cães e Gatos é um Ato de Amor

Como animais domésticos, cães e gatos são sempre o xodó da casa, mas quem tem um bichinho precisa entender que além dos cuidados com a saúde, a alimentação e a higiene, eles precisam também passar pela castração.

A castração nada mais é do que uma cirurgia para impedir a procriação e portanto evitar a superpopulação de animais muitas vezes abandonados.

A castração ainda ajuda a resolver alguns aspectos no comportamento e da saúde de um animal, como:

 

- machos deixam de marcar território, urinando por toda parte;

 - risco de fuga diminui;

 - fêmeas não entram mais no cio;

 - evita câncer de útero e ovários, bem como o de mama;

 - evita a piometra em cachorras;

 - evita tumores nos testículos.

 

A intervenção pode ser feita a partir dos 2 meses de idade. No caso das fêmeas deve ser feita antes do primeiro cio; são retirados ovários e o útero e nos machos há a retirada dos testículos.

A cirurgia é simples, feita com anestesia geral, e normalmente após 2 ou 3 dias o bichinho estará cem por cento inserido em sua rotina normal.

A castração é a única medida eficaz no controle populacional de animais, se todos os bichos fossem castrados, certamente não haveria um quadro gigantesco de abandono dos mesmos, castrar é um ato de amor e cidadania.

Se você não tem interesse em acasalar seu animal de estimação, não há razão para não castrá-lo. A cirurgia somente deve ser feita por veterinários credenciados e hoje em dia existem muitas opções de baixo custo ou até mesmo de forma gratuita, através de campanhas de castração.

 

Leia também, Hospitais Veterinários Públicos

 

 

Marjorie Borges

Relacionaos

Gostou? Compartilhe