07/01/2015

Bicho de Estimação - Como Resolver o Problema de Vermes em Cães e Gatos

Só de pensar que seu Bicho de Estimação está com algum verme, chega a dar arrepios, não é?

Para saber se seu pet está ou não com algum tipo de verminose, fique absolutamente ligado, pois mesmo sob todos os paparicos seu bicho pode ter algum tipo de contaminação.

É preciso ficar atento, pois além de ser prejudicial ao animal, alguns parasitas podem ser transmitidos ao homem.

É preciso cuidado principalmente com crianças que tendem a colocar objetos e mãos sujas na boca.

Os parasitas se desenvolvem no trato gastrointestinal, onde se alimentam e se reproduzem num ambiente bastante favorável.

Alguns sinais apontam para a infestação de parasitas no organismo do seu Bicho de Estimação:

- perda de peso, os parasitas retiram a maior parte dos nutrientes consumidos pelo pet;

- fezes moles, às vezes com sangue

- às vezes dá para notar os vermes nas fezes

 Ao observar tais sinais, procure um veterinário imediatamente, para o tratamento.

 As verminoses intestinais mais comuns são:

- áscaris

- ancilostomas

- cestoides

Vale lembrar que filhotes estão mais sujeitos a contaminação, a primeira dose de vermífugo em cães deve ser dada entre 15 a 30 dias de vida e depois repetir de 15 em 15 dias por três vezes.

Para gatos, a primeira dose é dada após 15 a 30 dias de vida, e depois repetir em 15 dias, 3 meses e depois a cada 4 meses sempre.

Uma boa dica para quem tem gatos é lavar a caixa de areia com produtos a base de amônia, que combatem os vermes ou qualquer vestígio deles.

Vermífugos são remédios para combater parasitas, mas somente o veterinário pode prescrever a dosagem correta, evite usar esse recurso por conta própria.

Leia também, As Temidas Pulgas

Marjorie Borges

Relacionaos

Gostou? Compartilhe