16/09/2014

Bicho de Estimação - Cuidados Dentários do seu Bichinho

Cuidar bem dos dentes do seu bichinho não é bom apenas para ele, você também pode tirar conforto do fato de, sendo um dono responsável e cuidando das necessidades dentárias do seu bichinho, estar prevenindo doenças que podem ameaçar a vida dele.

Você não deixaria seu própriodente apodrecer, deixaria? Bom, isso não é diferente em se tratando de um animal.

Como ocorre em dentes humanos, o desenvolvimento de placa dá início a um processo que pode terminar em uma séria doença peridontal ou pior. A placa é um filme constituído principalmente por bactérias que se formam continuamente nos dentes. Embora seja um processo natural, quando a placa bacteriana entra embaixo das gengivas, pode destruir este tecido.

O mau hálito do seu bicho de estimação pode ser o resultado da destruição desse tecido.

A saliva do animal reagindo com a placa forma tártaro, causando gengivas inflamadas e gengivite.

Deixada sem tratamento, a gengivite pode levar a uma doença peridontal ou à destruição dos tecidos ao redor que suportam os dentes. Cães com doenças peridontais podem sentir dor, ter sangramento, gengivas retraídas, corroídas ou soltas, dentes quebrados ou infeccionados. Ou pior: estas bactérias podem entrar na corrente sangüínea e percorrer o corpo deles, causando infecções nos rins, fígado e coração.

De acordo com a Sociedade Veterinária Odontológica Europeia, sem os cuidados apropriados 80% dos cães mostram sinais de doenças orais aos três anos de idade.

Na verdade, doenças orais são as mais comuns em animais de estimação. Então, como evitar? Prevenindo a formação da placa e do tártaro em primeiro lugar.

Comece marcando uma consulta com o veterinário e caso seja necessário, faça uma boa limpeza dentária.

Veterinários recomendam também cuidados regulares em casa. Clínicas e pet shops vendem muitas variedades de escovas e pastas de dente desenvolvidas especialmente para animais.

Resultados com cuidados dentários são mais do que comprovados. Reduzindo o risco de doenças peridontais, seu bichinho viverá mais. E mantendo o hálito fresco, serão ainda mais agradáveis de se ter por perto.

Fonte: Pedigree

Relacionaos

Gostou? Compartilhe