20/05/2015

Bicho de Estimação - Filhote de Pit Bull Condenado à Morte Balança a Cauda e Recebe Uma Nova Chance

Foto: Facebook /A Pathway to Hope

 

Um amável cão da raça pit bull está vencendo a sua luta pela vida – após ter sido brutalizado como isca em rinhas de cães. As informações são do The Dodo.

Quando a polícia flagrou um ringue de rinhas em um lava-rápido readaptado, em Nova Jersey no dia 1º de maio, eles descobriram dois pit bulls esqueléticos em jaulas, com seringas de esteróides por perto. Um terceiro – usado como isca nas terríveis rinhas – estava encolhido no chão de concreto.

“Eles não conseguiam ver de que cor ele era, pois estava totalmente coberto de sangue”, disse Amy Hofer, fundadora e presidente da ONG A Pathway to Hope, ao The Dodo.
Ainda no caminho de carro para o abrigo, onde ele teria sua morte induzida, o filhote encontrou forças para balançar a cauda e lamber as mãos do funcionário. Foi quando o serviço de zoonoses decidiu dar ao jovem Jude uma chance de lutar.

“Jude tem 50% de chances de sobreviver, e está em risco de morrer por septicemia ou choque”, afirmou o grupo de resgate no Facebook naquela noite, após correr com ele para o hospital onde permanece em tratamento.
Seus pulmões estão com perfurações de dentes, e a septicemia tomou conta por volta do dia 7. Jude também está lutando contra dois parasitas sanguíneos, e complicações no fígado e rins. “Nós estamos tentando mantê-lo estável”, disse Hofer. “Ele está melhorando a cada dia”.
“Mesmo com todo o sofrimento pelo qual ele passou no hospital, ele nunca rosnou ou mordeu a ninguém. Ele é o cão mais doce do mundo…e estava realmente muito triste”, explicou Hofer.

Mas quando Jude conheceu a sua família adotiva, “nós vimos que ele vai ficar bem”, afirmou ela. O amor dessas pessoas deu-lhe a força que nem ele sabia que tinha. “Ele desejou partir para viver com eles”, conta Hofer, “e ele irá, assim que a sua saúde permitir”.
Tragicamente, os outros dois cães resgatados na apreensão não tiveram uma sorte igual. Na semana passada, eles foram sequestrados do abrigo Paterson, onde esperavam para serem adotados. “Não há destino pior que ter de voltar para as rinhas”, disse Hofer.

O abrigo está analisando imagens dos vídeos de segurança, na esperança de identificar os criminosos.

Fonte: ANDA

Leia também, Idoso Conta Com Doações Para Cuidar de 250 Animais

Relacionaos

Gostou? Compartilhe