21/02/2017

Bicho de Estimação - Papagaio e a Lei de Crimes Ambientais

 

O papagaio é famoso pela alegria e por imitar a voz humana, todo mundo que se preze, quando criança, teve a companhia do papagaio na casa da avó. E tem o criativo e charmoso Louro José, que dá o ar de sua graça na telinha. Entenda sobre o Papagaio e as Leis de Crimes Ambientais.

 

Porém, devemos manter o olhar com maior profundidade ao problema do tráfico de animais silvestres no Brasil. Além de arrancados do seu habitat natural, são machucados, não recebem alimento ou água no cativeiro, são vendidos inescrupulosamente e muitas vezes até retirados do país de forma cruel.

 

O papagaio é um animal silvestre, e é crime ambiental ter um animal assim em casa, pois fomenta o tráfico de animais e a Lei de Crimes Ambientais ? Lei 9.605 de 13 de Fevereiro de 1998, prevê prisão de 6 meses a 1 ano, além de multa.

 

É claro que a polícia não vai entrar na casa de ninguém e tirar o Bichinho de lá, mas através de denúncias é possível barrar essa crueldade. O IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) disponibiliza uma Linha Verde 0800-618080, para qualquer cidadão que veja um animal silvestre em risco e reporte ao órgão para que as devidas precauções sejam tomadas.

 

Para quem já tem um papagaio em situação ilegal, não dá para legalizar pois vai contra a lei de qualquer forma, portanto, nem sonhe em comprar um papagaio sem licença. Existem criadores legalizados que seguem as regras e normas do IBAMA , com o número de registro da ave, notas fiscais e todas as informações sobre a espécie, só assim é possível legalizar a ave.

 

Não deixe que o lado lúdico da lembrança de infância te faça fechar os olhos para a responsabilidade de cuidar do mundo como um todo, e o primeiro passo, é debater e denunciar tal prática, não compre animais silvestres, não faça parte de uma rede corrupta e maldosa, denuncie, seja ativo como cidadão e proteja nossos animais.

 

 

Por: Marjorie Borges

Relacionaos

Gostou? Compartilhe