14/10/2014

Bicho de Estimação - Quando a Idade Chega do Cachorro

Eles são brincalhões, atrapalhados e cheios de energia, mas chega um dado momento na vida de um cachorro que todos esses atributos vão mudando aos poucos.

O peso da idade varia de acordo com o tamanho, no caso do cão de pequeno e médio porte, é considerado idoso a partir de 9 anos, já para os grandões a idade é de 7 anos. Lembrando que a vida média desses animais é de 12 a 15 anos e em alguns casos 18 a 20 anos dependendo de vários fatores, como raça, porte e cuidados com a saúde, principalmente nessa fase de envelhecimento.

É importante ter acompanhamento veterinário durante toda a vida, mas nesse período como as doenças estão mais em evidência, todo cuidado é pouco, mas com carinho e suporte seu animal vai ter uma velhice tranquila.

O cachorro mais velho tende a ter os mesmos trejeitos de um idoso humano, fica mais lento, o andar muda, as dores são mais frequentes, não pulam com a facilidade de antes, a diferença é que o bichinho não fala, por isso ficar atento aos sinais é muito importante.

Ele pode sofrer de artrose, hérnia de disco, incontinência urinária, cardiopatia, tumores, diabetes, perda de dentes, piometra, problemas renais e oftálmicos, entre outros.

Os problemas são muitos, mas ao monitorar o seu bicho de estimação, pode ser menos doloroso. Fique atento também, a alimentação, se seu cachorro apresenta dificuldade para mastigar e até engolir o alimento, existem rações próprias para essa idade, do tipo ração sênior, de várias marcas, perceba o consumo de água se está tomando mais ou menos, se tem problemas ao urinar.

Ao apalpar seu cachorro, procure por nódulos, feridas, e qualquer alteração de peso e na pele, que nesse caso tende a ficar mais fina mesmo, tenha em mente que agora ele precisa de maiores cuidados e qualquer detalhe pode ser sinal de alguma doença.

Estar em sintonia com seu bichinho, vai ajudar numa qualidade de vida muito melhor. Encare que seu amiguinho precisa de todo amor e carinho para que a fase da melhor idade seja de fato levada sem maiores complicações e a ajuda de um veterinário será muito bem vinda também, no mais, aproveite cada segundo com seu fiel companheiro porque as boas lembranças são as que realmente ficam.

ENCONTRE UM VETERINÁRIO PERTINHO DE VOCÊ, CLIQUE AQUI!

Por: Marjorie Borges

Relacionaos

Gostou? Compartilhe