15/12/2014

Bicho de Estimação - Tudo Sobre Bolas de Pelos em Gatos

Que o gato é um bichinho extremamente limpo e preocupado com higiene, todo mundo está de acordo, agora o hábito de se lamber constantemente, que nada mais é seu banho sagrado, pode levar a uma série de riscos, entenda melhor.

Um gato ao se lamber, acaba removendo pelos e muitos, que dentro do organismo viram bolas de pelo, e a medida que se lambem, essas bolas vão aumentando. Para o gato no geral, isso não parece ser problemático, apesar do incômodo causado através de vômitos diários das tais bolinhas.

Como tudo nessa vida, a bola de pelo tem nome, chama-se Tricobezoar.


TRICOBEZOAR - PELOS INGERIDOS + SECREÇÕES GÁSTRICAS = VÔMITOS


Esse "efeito colateral" das bolas de pelos acomete todos os gatos, mas os de pelagem comprida como os persas, são os mais atingidos, principalmente na mudança de pelos na primavera e outuno, aí o movimento de vômitos cresce consideravelmente, e quem tem gato sabe a aflição que dá ver o bichano se esgoelando todo até sair a bola de pelo.


Não há uma maneira de evitar a formação das bolas, mas algumas dicas ajudam no controle:


- escovação diária da pelagem;

- rações específicas para prevenção de bolas de pelos;

- banhos são importantes, e nos períodos de troca de pelos, pelo menos 1 vez por semana.


Com cuidados simples, você pode garantir uma boa qualidade de vida para seu gato, existem no mercado muitos produtos para ajudar nessa empreitada.

Lembre-se que o pelo é um dos fatores que determinam a saúde do bichano, uma simples bola de pelo pode levar a uma obstrução intestinal e levar seu animal a uma cirurgia, portanto, todo cuidado é pouco.

Leia também, Day Spa Caseiro

 

Por: Marjorie Borges

 

Relacionaos

Gostou? Compartilhe